sábado, 20 de julho de 2013

ARTIGO 06 JHA: ESTUDAR E NÃO ESTUDAR, NO BRASIL, INVESTIR NUM CURSO É UMA QUESTÃO DE SORTE, NEM SEMPRE UMA PROVA, PROVA A CAPACIDADE PROFISSIONAL DE UM BACHAREL

Eu,  pensava que o conhecimento é a única coisa que ninguém pode roubar, mas, para ser político, legislador no caso de vereadores, deputados estaduais e deputados federais, presidente do brasil, não é necessário ter qualquer DIPLOMA, por outro lado, a OAB discrimina o Bacharel em Direito que seja SERVIDOR PÚBLICO/ESTATUTÁRIO e o BACHAREL EM DIREITO QUE ESTEJA DESEMPREGADO. 

O servidor público, ao concluir o CURSO DE DIREITO, já é prendado com as vantagens salariais, tanto que, precisa apenas apresentar uma DECLARAÇÃO DE CONCLUSÃO DO CURSO, IMEDIATAMENTE, SEU SALÁRIO É MAJORADO EM ATÉ 50%, E É DESNECESSÁRIO SE SUBMETER AO EXAME DA OAB

É bom ressaltar que, o BACHAREL EM DIREITO, SEM SE SUBMETER AO DISCRIMINATÓRIO EXAME DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, nada vale, seu valor no mercado é menos que qualquer trabalhador que não estudou, inclusive, é bom destacar, que o CRIMINOSO, NO BRASIL, vale mais que o BACHAREL EM DIREITO, ou seja:o governo paga R$ 2.700,00 por mês, para manter cada prisioneiro NA LUXUOSA PENITENCIÁRIA DE RIBEIRÃO DAS NEVES, R$ 915,00 de Salário Reclusão, assistência médica e odontológica, enquanto o BACHAREL EM DIREITO, é impedido de EXERCER A PROFISSÃO. 

OS VALORES MORAIS E ÉTICOS, ESTÃO INVERTIDOS, VISTO QUE UM MÉDICO, APOSENTADO, PRECISA CONTINUAR TRABALHANDO, VISTO QUE RECEBE UMA APOSENTADORIA MENSAL DE MAIS OU MENOS R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS), UM PROFESSOR, RECEBE DE APOSENTADORIA MENSAL, MAIS OU MENOR R$ 900,00, UM CONTADOR, RECEBE DE APOSENTADORIA MENSAL, MAIS OU MENOS R$ 1.500,00! E DAÍ? EM QUEM ACREDITAMOS? QUEM PODE MUDAR ESSA UTOPIA, ESSA HIPOCRISIA, A NOSSA ESPERANÇA NUM REPRESENTANTE DE UM ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.

ISSO É BRASIL. QUANDO O POBRE TRABALHADOR ROUBA UM LITRO DE LEITE, É CONDENADO, QUANDO O CRIMINOSO, ROUBA E MATA, É PRIVILEGIADO. 

É PRECISO TER TEMPO PARA ESCREVER, TER CORAGEM PARA PUBLICAR, MAS, ALGUÉM TEM QUE TER A VONTADE DE LER E ENTENDER, LER É CULTURA.

QUAL É A DIFERENÇA NUM PRESIDENTE COMO  FHC E LULA, O PRIMEIRO ESTÁ ETERNIZADO COMO MEMBRO DE UMA CADEIRA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, E, O SEGUNDO FOI PRESIDENTE DO BRASIL POR DOIS MANDATOS, TENDE A SER CANDIDATO PELA TERCEIRA VEZ, O PRIMEIRO, DEPOIS DE VOLTAR DO EXÍLIO EM 1968, EM 1969 APOSENTOU-SE, AOS 37 (TRINTA E SETE) ANOS DE IDADE, FOI PRESIDENTE DO BRASIL POR DOIS MANDATOS, AMBOS PREJUDICARAM A APOSENTADORIA DE QUEM CONTRIBUIU POR 35 ANOS AO INSS, NA CONDIÇÃO DE CONTRIBUINTE DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, EM FACE DO FATOR PREVIDENCIÁRIO, RESTA IMPEDIDO DE SE APOSENTAR, TANTO QUE 90% DOS APOSENTADOS DO BRASIL, RECEBEM NO MÁXIMO r$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS) POR MÊS, ENQUANTO MILHARES NÃO PODEM SE APOSENTAR, CONTINUAM TRABALHANDO.

ENTRETANTO, FHC E LULA, SÃO DOIS PRIVILEGIADOS APOSENTADOS, NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, PREJUDICARAM A APOSENTADORIA DE QUEM CONTRIBUIU POR 35 ANOS AO INSS, NA CONDIÇÃO DE CONTRIBUINTES DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CONCLUINDO, NO BRASIL, ESTUDAR OU NÃO ESTUDAR É QUESTÃO DE MUITA SORTE, NO PAÍS DO VERDE AMARELINHO, TANTO QUE, O BRASILEIRO FOI MAIS PREJUDICADO COM DECISÕES DO GOVERNO DE FHC E DE LULA, COMBINANDO DECISÕES POLÍTICAS SOBRE A ALEGRIA DO BRASILEIRO QUE COMEMORAVA O TETRACAMPEONATO EM 1994 E NAS COPAS SEGUINTES, NADA DIFERENCIANDO, QUANDO 2013 E SE REPETIRÁ EM 2014, TANTO QUE, O FATOR PREVIDENCIÁRIO CONTINUA PREJUDICANDO QUEM CONTRIBUIU PARA O INSS POR 35 E NÃO PODE APOSENTAR, POR OUTRO LADO, BOLSA FAMÍLIA NA CONCEPÇÃO DE NOSSOS GOVERNANTES, INCLUSIVE EX-PRESIDENTES DO BRASIL É MOEDA DE TROCA EM ELEIÇÃO, ASSIM, SE VÊ TANTOS NOTICIÁRIOS NA MÍDIA BRASILEIRA! 

BH 19 JULHO 2013. 13:15HS. JOSÉ HUMBERTO ALFREDO, CONTADOR TC POR MAIS DE 20 ANOS, BACHAREL EM DIREITO DESDE JUNHO DE 2011, POSSUI 36 ANOS COMO CONTRIBUINTE AO INSS, NÃO PODE APOSENTAR-SE, POR CAUSA DO FATOR PREVIDENCIÁRIO, POR ISSO, SE TORNOU ESPECIALISTA NA MATÉRIA, ATRAVÉS DA TESE QUE DEFENDEU NO CURSO DE DIREITO, POSSUI A AUTORIDADE PARA DISCUTIR AS PERDAS NA APOSENTADORIA, FATOR PREVIDENCIÁRIO, PRINCÍPIO DA ISONOMIA E O PRINCÍPIO DA VERDADE REAL.