domingo, 7 de julho de 2013

ARTIGO 03 JHA. O FATOR PREVIDENCIÁRIO É UM VENENO PARA A SUA APOSENTADORIA

ARTIGO 03 JHA. O FATOR PREVIDENCIÁRIO É UM VENENO PARA A SUA APOSENTADORIA Desde maio de 2012, por ter defendido a Tese sobre as Perdas na Aposentadoria, Fator Previdenciário e o Princípio da Isonomia, dedico muito tempo para pesquisar e escrever em defesa do desprotegido IDOSO BRASILEIRO.
Com experiência há mais de 20 anos na profissão Contador tc, cumulada com a de Bacharel em Direito, em junho de 2011, através da autoridade que a TESE me proporciona, VENHO ESCREVENDO E TORNANDO PÚBLICO, SOBRE AS PERDAS NA APOSENTADORIA, O PRINCÍPIO DA ISONOMIA E O FATOR PREVIDENCIÁRIO QUE VIOLA UM DIREITO CONSTITUCIONAL ADQUIRIDO, ENQUANTO O IDOSO NÃO TEM TEMPO DE VIDA SUFICIENTE PARA ESPERAR UMA TARDIA DECISÃO JUDICIAL, ENQUANTO para OS POLÍTICOS, O FATOR PREVIDENCIÁRIO é UMA BANDEIRA PARA AS SEMPRE ELEIÇÕES QUE SE APROXIMAM, OU COM OS DESVIOS DA ATENÇÃO DO POVO BRASILEIRO, QUE DISCUTE EXAME DA OAB, DIREITO DA EMPREGADA DOMÉSTICA, DENGUE, GASTOS PÚBLICOS, MAS ESQUECEM DE DISCUTIR O SEU DIREITO A APOSENTADORIA PARA SOBREVIVER COM DIGNIDADE!.

Essa luta não é apenas minha, todo jovem tem pais, avós, tios e amigos que estão sendo lesados, discriminados, mas, me sinto solitário nessa luta em que 99,99% da imprensa, fecham as portas para os esclarecimentos, sem ônus, quanto as Perdas na Aposentadoria e o reflexo do Fator Previdenciário.
Infelizmente, o brasileiro não tem o hábito de ler! Se não lê, não conhece o tanto que está sendo prejudicado no dia-a-dia. FHC Fernando Henrique Cardoso, aposentou-se, em 1968/1969, aos 37 anos de idade, denominou aposentados de "VAGABUNDOS”, implantou o plano real, usou a sua inteligência e conhecimento catedrático para FULMINAR O DESPROTEGIDO IDOSO DO BRASIL: em julho de 1994, cassou o direito adquirido do contribuinte, substituindo a média dos últimos 36 meses como base de cálculo da aposentadoria, substituindo por 80% dos maiores salários a partir de julho de 1994, pior, se o idoso está em declínio de saúde, perde a capacidade de laborar, quanto mais estiver na ativa, seus baixos salários estão prejudicando a aposentadoria do desprotegido PRIMO POBRE. "

A perversidade do FATOR PREVIDENCIÁRIO É INCALCULÁVEL, podendo ser demonstrada por especialista. Como o governo brasileiro é transparente, naturalmente, deverá remeter para todos os idosos que tenha mais de 53 anos de idade, um DEMONSTRATIVO PARCIAL DO QUE CORRESPONDE A SUA APOSENTADORIA, HAJA VISTA QUE O MINISTRO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, JÁ ESCLARECEU QUE O INSS TEM CONDIÇÃO DE DEFINIR A APOSENTADORIA EM 30 MINUTOS, ASSIM, SALVE O PRINCÍPIO DA TRANSPARÊNCIA E VERDADE REAL.

Abaixo, transcrevo fragmentos de informações veiculadas nas Redes Sociais, Mídia, FACEBOOK, em face da realidade Econômica, Social e Política do Brasil:
O fator previdenciário, nos primeiros 10 anos,  gerou uma economia de 10 bilhões de reais, por impedir a aposentadoria do idoso do regime geral da previdência social, por outro lado, o governo concede reajuste de salários aos servidores dos três poderes executivo, legislativo e judiciário, pelo que irá gastar entre "18 bilhões de reais no primeiro ano, em 2013, isso é vangloriar ao prejudicar o primo pobre e distribuir ao primo rico".

O custo anual em salários com os três poderes é de 11 bilhões de reais. Estima-se que os gastos com verbas de gabinete, indenizatórias e benefícios, ultrapassa 145 bilhões de reais. POR OUTRO NORTE, uma emissora de TV, tornou público que a arrecadação em impostos nos primeiros meses do ano de 2013, é de 1 trilhão de reais. Sabe-se que o  Brasil tinha 26 Ministérios, quando Lula, assumiu o governo, logo, criou mais “11 Ministérios, tendo admitido 221.000 servidores”, enquanto Lula deixou o País com uma dívida de 173,5 bilhões, o Brasil promoveu a desconstrução dos estádios de futebol e construiu SOFISTICADOS ESTÁDIOS para bancar a COPA 2014.
A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, juntamente com a Câmara dos Vereadores, instituíram a Lei 9725/2009, nova Lei de Uso e Ocupação do Solo, os apartamentos de 2 quartos que em 2007, eram vendidos por R$ 47 mil, subsidiados com R$ 17 mil pelo governo, em 2011 esses mesmos apartamentos passaram a ser vendidos por R$ 220 mil, impondo aos pobres contribuintes, todo tipo de sacrifício e confisco, também, os fiscais da PBH, passaram a alarmar a vida de pequenos contribuintes, impondo que derrubem as suas construções erigidas em 1983, aplicam multas de R$ 15.000,00, para enlouquecer contribuintes que possui renda mensal de mais ou menos R$ 1.000,00, usam e abusam do PODER DO MANDO, retroagindo a citada lei para afetar obras construídas e amparadas na Lei de Uso e Ocupação do Solo nas suas épocas próprias.

O Brasil, ocupa o 5o. lugar mundial, em termos de riqueza,  distribui vantagens para os três poderes a nível de país dessa grandeza.

O Brasil, ocupa o 78º. Lugar mundial, em termos de DIREITOS SOCIAIS, dá tratamento de país sub desenvolvido, aos contribuintes do regime geral da previdência social que contribuíram por 35 anos ao INSS, esses não podem se APOSENTAR, pior, tiram do primo pobre para distribuir para o primo rico.


O FATOR PREVIDENCIÁRIO É UM VENENO PARA A SUA APOSENTADORIA! AJUDE-NOS A COMBATÊ-LO, CONSULTE o blog www.ofatorprevidenciario.blogspot.com.br e o facebook josefatoralf. COMPARTILHE, DIVULGUE E PROTESTE! BH 07/07/2013. 14:30hs. José Humberto Alfredo, Bacharel em Direito, em junho de 2011, pela Escola Superior Dom Helder Câmara.